Gilmore Girls - O que é bom é para se ver #35


Farta de ver as mesmas séries, decidi explorar outros caminhos. Comecei por analisar o que por ai anda na ribalta mas nada me captou a atenção. Assim decidi envergar caminhos mais antigos, li numa revista qualquer que Gilmore Girls voltaria com 4 episódios para satisfazer a curiosidade dos fãs. Olha é essa mesma, disse para comigo. Agarrei no Ipad e comecei a ver. Fiquei rendida, tudo porque tenho 3 pontos comuns com a série - Sou viciada em café, sou viciada em livros e a relação que tenho com a minha família, especialmente com a minha mãe. 
Já vou a caminho da 4ª temporada e não tenho pressa de a acabar, tudo porque a série é mesmo boa e tenho pena de a devorar toda de uma só vez. 
Na minha opinião, a 1ª temporada não é assim tão chamativa e a Rory chega mesmo a ser aborrecida, mas quando conhecerem a sua mãe, Lorelai e os seus avós, Richard e Emily, vão adorar ver os jantares de sexta. 
Posso assegurar-vos que é uma bela série para se ver enrolada numa manta com um chocolate quente nas mãos. Aquela pequena cidade, está cheia de personagens e de histórias reais. 
Fiquem atentas, pois brevemente vai sair o post - 10 motivos para ver GG... Querem?

2 comentários:

Tânia Sequinho disse...

Aconteceu o mesmo comigo este verão. E posso-te dizer que é uma das minhas séries preferidas. Terminei as 7 temporadas em Outubro e ontem passei a maior parte do meu dia a ver a temporada extra lançada pela Netflix e só te digo uma coisa: merece tanto! Não consigo enumerar todas as formas que essa série me inspirou mas posso dizer que vou querer revê-la de x em x de tempo. Aquelas personagens, aquela vila, é pura e simplesmente inspirador e confortável. É como estar em casa, não consigo explicar. ^^

Sara* disse...

Adoro! Acabei há uns dias de rever a série toda e, mesmo sabendo que tinha os episódios de revival à minha espera, fiquei cheia de pena. Está longe de ser uma série típica, mas está definitivamente entre as minhas preferidas :)