Mano a Mano #1


O puto toca no ombro da Tim e pergunta: Tim, nós temos segredos um para o outro?
Tim desconfiada responde: Penso que não, porquê?
Puto: Então porque é que há uma caixa de gelados cá em casa e tu não me dizes nada?


Opinião | Um instante de amor de Milena Agus

Classificação: 3 estrelas 

Um Instante de Amor
Autora: Milena Agus
ISBN: 9789722359696

Edição ou reimpressão: 02-2017
Editor: Editorial Presença
Páginas: 96
Coleção: Grandes Narrativas
Classificação Temática: Literatura | Romance

Um instante de amor de Milena Agus
A história começa em Sardenha durante a 2ª Guerra Mundial. Uma mulher romântica e sonhadora é vista como uma lunática. 
A caminho dos 30 e sem marido, os seus pais decidem arranjar-lhe alguém para que esta desencalhe. Presa a um casamento sem amor e com um grave problema de saúde, decidem enviá-la para umas termas. É lá que conhece o Veterano.


A particularidade deste livro é o não haver personagens mas sim parentescos, com a excepção do Veterano. 
A narradora da história é a neta da protagonista que relata a história da sua avó com um enorme carinho e chega a invejar a sua capacidade criativa. A sua avó era uma excelente escritora o que a levava a ser incompreendida no meio em que vivia. 
Uma história de amor simples, onde uma mulher luta contra preconceitos e não cede às suas loucuras. A reviravolta no fim levou-me a perceber que nem tudo é o que parece.

É um livro com menos de cem páginas e isso leva-nos a crer que a sua leitura é rápida. Desenganem-se. A narradora troca tantas vezes de parentesco que chega a confundir o leitor. Recomendo para uma tarde chuvosa e para todas as eternas românticas sonhadoras. 

Unboxing ou Uma Cena Parecida #3

Opinião | Vai e Põe uma Sentinela de Harper Lee

Classificação: 3 estrelas 

Vai e Põe uma Sentinela
de Harper Lee
ISBN: 9789722356879
Edição ou reimpressão: 10-2015
Editor: Editorial Presença
Dimensões: 149 x 228 x 16 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
Coleção: Grandes Narrativas 
Classificação Temática: Literatura | Romance

Vai e Põe uma Sentinela de Harper Lee 
Passaram 20 anos e Scout está de volta a Maycomb, Alabama. A pequena Jean Louise quer aproveitar as suas férias na companhia do seu pai Atticus.
Estamos em meados dos anos 50 e a nação divide-se em torno das dramáticas questões raciais, Scout descobrirá verdades perturbadoras acerca da sua família, o que a levará a interrogar-se sobre os seus valores e princípios.


Agarrei-me a este livro na esperança de reencontrar toda aquela história que tinha lido - Mataram a Cotovia - mas não podia estar mais enganada. 
Passaram 20 anos e Scout está de volta a casa. Estando de férias, ela decide estar com o seu pai Atticus. Numa tarde, vai a uma reunião de Maycomb e fica chocada com os seus intervenientes. 
Scout mostra-nos através de flashbacks o seu crescimento, o que se passou em Maycomb e por onde andam as outras personagens de Mataram a Cotovia

Não gostei muito do livro mas gostei da mensagem que Harper Lee tentou passar. O meu desgosto provém da transformação de uma personagens pela qual nutria algum carinho, Harper Lee conseguiu mexer com os meus sentimentos, pensei em fechar o livro e deixar-me ficar pelo primeiro livro.


Percebe-se a razão que levou a autora a "esconder" esta obra. Tudo indica que este seria o seu primeiro esboço mas decidiram publicar primeiro "Mataram a Cotovia". Muito se especulou sobre a obra mas a verdade é que Harper Lee teria as suas razões para não a querer publicar. Fala-se numa 3ª parte mas não acredito muito, pois a história já teve as reviravoltas necessárias e suficientes. 

Desafio Sofia | Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

A Sofia World voltou a fazer das suas e convidou-me, outra vez, para mais um desafio literário. Sendo hoje o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, a Sofia teve a ideia de enviar um extenso e-mail a indicar as regras do Desafio. 
Caso não tenham percebido, estou a exagerar, ok? 
Ao contrário do desafio do ano passado, onde indicámos 5 livros que nos marcaram, este ano requer responder a 7 perguntas criadas pela magnífica Sofia Costa Lima. 



O Post está com um ligeiro atraso, só porque me esqueci por completo de o publicar no blog. 

Deixo aqui os blogs que participaram no Desafio 

Carolayne Ramos - Imperium
Ana Garcês - Infinito Mais Um
Joana Sousa - Jiji
Rita da Nova - Rita da Nova
Sofia Ferreira - Por onde anda a Sofia?
Inês Mota - Bobby Pins
Filipa Maia - Deixa Ser 
Sónia Pinto - By The Library
Daniela e Artur - Palavra-Padrão
Maria Moreira Rato - Estranha Forma de Ser Jornalista
Margarida Pestana - Margarida Pestana
Marli Neves - My Own Anatomy
Dalila Melfe - Miss Melfe

Nós só estamos bem é em casa


Estou na fila para pagar quando o puto aponta para uns brincos e diz - Isto parece aquelas cenas que a avó tem nos cortinados para puxar...
Olho para o lado e vejo a senhora pousar delicadamente os brincos no sítio, acabando por não os levar. 

Opinião | A Gorda de Isabela Figueiredo

Classificação: 3 estrelas

A Gorda
de Isabela Figueiredo 
ISBN: 9789722128339
Edição ou reimpressão: 11-2016
Editor: Editorial Caminho
Dimensões: 136 x 207 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 288
Classificação Temática: Livros em Português | Romance


A Gorda de Isabela Figueiredo 
Maria Luísa sempre sofreu excesso de peso, mas nunca se deixou abalar por isso. Foi gozada pelos seus colegas da escola quando era mais nova mas acabou por se tornar numa professora dedicada e empenhada. O seu peso nunca a incomodou, até ao dia em que se apaixonada. O homem que tanto ama, rejeita-a por causa do seu aspecto.
Toda a sua vida fora domada pelo seu peso e Maria Luísa toma a decisão de submeter a uma cirurgia para mudar a sua vida.


Ter excesso de peso continua a ter destaque na nossa sociedade, e há pessoas que sofrem com esse preconceito. A obra tem como intuito a aceitação do nosso corpo, porque na realidade somos todas Marias Luísas - sejamos gordas, magras, altas ou baixas - as pessoas tendem a apontar o dedo. Maria Luísa nunca deu importância ao seu aspecto até ao momento que surge um homem que a deita abaixo. A sua história é toda em volta do peso, a autora relata factos da maneira nua e crua, ao ponto de ter tido pena da protagonista.

Não há um seguimento na história, há todo um vai e vem de acções. Grandes expectativas tinha eu para esta leitura, mas a verdade é que me custou acabar de o ler. 


Frases do caraças

"O amor talvez seja ficarmos a rir olhando para o rosto da pessoa amada, não nos importarmos que nos chame de parvos, depois levantarmo-nos, abraçá-la e beijá-la. E nada mais"