Carrie Bradshaw em 10 lições de vida

No mês em que Sex and the City faz 18 anos decidi procurar as grandes frases da Carrie Bradshaw. Saquem do bloco e da caneca e apontem, pois estas lições servem para todas nós. 


"I like my money where I can see it - hanging in my closet." 

Quem não conhece esta famosa frase de Carrie. Quem fala de roupa, fala de outras coisas, por mim podiam ser prateleiras com livros. Nós gostamos de investir em algo e há quem pense logo em roupa, mas nós somos mais que um par de sapatos, simplesmente gostamos de andar bem vestidas.


“When I first moved to New York and I was totally broke, sometimes I bought Vogue instead of dinner. I found it fed me more.” 

Todos temos algo que nos preenche o vazio. Quando estamos tristes é esse algo que nos ajuda a ultrapassar as dificuldades - Se não for a Vogue é uma caixa de gelado.


"Being single used to mean that nobody wanted you. Now it means you’re pretty sexy and you’re taking your time deciding how you want your life to be and who you want to spend it with." 

Aleluia! Ser solteira não é sinal de encalhada, é sinal que estarmos a aproveitar a vida ao máximo e que temos todo o tempo para nos entregar a alguém mas antes, queremos fazer algo por nós e experimentar o impossível. 




"After he left, I cried for a week. And then I realized I do have faith. Faith in myself. Faith that I would one day meet someone… who would be sure that I was the one."

"The most exciting, challenging and significant relationship of all is the one you have with yourself. And if you find someone to love the you you love, well, that's just fabulous."

Leram meninas? Amem-se! Pensem em vocês! Nós somos lindas e fabulosas!!


"And finally, the most important break up rule: no matter who broke your heart, or how long it takes to heal, you’ll never go through it without your friends." 

"They say nothing lasts forever; dreams change, trends come and go, but friendships never go out of style."

Carrie pode ter tido muitos amores mas as amigas foram sempre as mesmas. Elas estão lá sempre. Apoiam, Choram contigo e se for preciso ainda partem os dentes ao gajo. Deixar de falar com as amigas por causa de um namorado não dá bom resultado - Nunca se esqueçam desta lição, os amores podem não ser eternos mas amigas sim. 


"Maybe the past is like an anchor holding us back. Maybe you have to let go of who you were to become who you will be."

"Maybe our mistakes are what make our fate. Without them, what would shape our lives? Perhaps if we never veered off course we wouldn't fall in love, or have babies, or be who we are. After all, seasons change. So do cities. People come into your life and people go. But it's comforting to know that the ones you love are always in your heart."

Aprendemos com os erros do passado mas nem sempre os conseguimos esquecer. A Carrie aprendeu bem a lição mas nem sempre esqueceu. Também sou assim apesar de ter dificuldades em deixar o passado lá no passado. Temos de abraçar novos recomeços e ir de mente arejada. Se ela conseguiu, nós também conseguimos.


"Life gives you lots of chances to screw up which means you have just as many chances to get it right."

Estamos cá para a aprender e a Carrie tem toda a razão sabem porque? Porque mais vale morrer a tentar do que morrer parva. Imaginem-se numa situação de vai ao rasca. Reflictam assim ou eu vou à luta ou fico com remorsos. Comigo resulta.

8 comentários:

Carolina. disse...

Ela sabe o que faz ;)

ℒiℓiαnα☆ disse...

Adoro-a!!! Excelente post 😉

Marli Neves disse...

Ai Carrie, adoro! Os ensinamentos que uma pessoa tira de uma simples série, é incrível.

Giveaway de um colar de 2 camadas com a Born Pretty ♥

Tânia Silva disse...

Adoreiiiii!

C. disse...

Essa série foi um verdadeiro icon... aliás, ainda é!
Beijinhos,
O meu reino da noite ~ facebook ~ Bloglovin'

C. disse...

R: juro que não percebi a cena de atacarem o Markl... e o porquê de explodirem as redes sociais com aquilo também.
Beijinhos,
O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

Cláudia Pereira disse...

Respondendo ao teu comentário:

Sim, claro. Eu percebo o teu ponto de vista, concordo com algumas coisas e fiquei com algumas questões.
O jornalismo cor de rosa cada vez mais só se baseia nas coisas que os famosos colocam nas redes sociais ou nas entrevistas que deram a outros media. Não tem qualidade. Porém, continua a ser feito por pessoas que são contratadas por empresas, trabalhadores que esperam um salário. Onde é que está a igualdade de o bom jornalismo ser pago e o mau não?
Essa ideia das aplicações é boa, de facto. Eu tenho é aplicações com os vários jornais e revistas de cultura, desporto, etc. Não uso aplicações de jornais específicos :)
Quanto à revista da Júlia, sinceramente ainda não a li.

--
Adoro essa atriz!!

Beijinhos,
https://atualidadesbyclaudia.blogspot.pt/2016/06/a-atualidade.html

Esbelt Brazilian Bodywear disse...

Amámos este post!
Carrie on ;)