Os meus avós

Com ele a animação está garantida. Com ela vive a eterna certeza. Não podiam ser mais diferentes e não podiam ser mais felizes. Vivem um casamento que conta com mais de 50 anos e ainda andam às turras. Ela é a pessoa mais teimosa que conheço e acreditem que se ela lê isso, vai dar-me nas orelhas. Ele é a paz em pessoa mas sempre com um sorriso nos lábios.
Já perceberam de quem estou a falar, certo? 

Os meus avós vivem para trás do sol posto, mas estão sempre presentes. Ligo-lhes todos os dias - obrigada Meo pelas chamadas ilimitadas - ao ponto de já termos avariado um telefone. 
Com eles aprendi a lutar por aquilo que quero, aprendi que a vida custa mas que há sempre alguém a dar-nos apoio. 
Gosto de pensar que tenho em mim a teimosia da minha avó e o lado traquina do meu avô. 
Não gosto da ideia de um dia eles já cá não estarem, apesar de a minha avó estar sempre a lembrar-me disso. Sei que quando isso acontecer, eu não me vou aguentar... E só de pensar nisso já tenho lágrimas a escorrer pelo rosto.
Ter avós é a melhor coisa desta vida e os meus podem estar longe mas a distância não nos separa. Tudo o que me contam, eu absorvo. Todas as suas lições de vida depressa se tornam regras de vida. E por isso só tenho a dizer - Obrigada!

Feliz dia dos avós.

3 comentários:

Maria do Mundo disse...

Tão bom! Já não tenho os meus e tenho saudades!

Minnie Me disse...

Que lindo saber agradecer ♥️ Beijinho

Patrícia disse...

Tão boa essa relação que tens com eles :)