O amor calha a todos


Há uns tempos vi um documentário no canal francês M6. O título deixou-me curiosa "Mon partenaire particulier", depois de ver a apresentação decidi prestar atenção ao tema. 

Amar é difícil, mas mais difícil deve ser quando temos alguma deficiência física. Um homem sem braços, não nos pode abraçar, não dos pode dar um carinho, mas vontade não lhe falta, e basta ver pelo senhor do vídeo. Ele percebe que uma mulher tem as suas necessidades e que com a deficiência dele é complicado, mas mesmo assim não perde a esperança. 

Uma rapariga dizia que bastava um sorriso e uma piada para os outros se esquecerem da sua deficiência. A rapariga está numa cadeira de rodas, e é difícil ficarmos indiferentes à sua deformidade.  Mas sabem uma coisa? Adorei o estado de espírito dela, uma rapariga sorridente, feliz e não deixa nada por fazer. 
Apesar das suas limitações, são estas pessoas que nos mostram que se queremos, podemos, são pessoas que nos inspiram.

Temos a mania de olhar para o físico, e cada vez mais a nossa sociedade se foca na aparência, mas a beleza não dura para sempre. Amar alguém e dar o nosso melhor, seja qual for o nosso aspecto. A Karine Ferri uma vez disse que as pessoas doentes também têm direito a amar e a ser amadas, e tem toda a razão.


O documentário abriu-me os olhos, não vou mentir que ao início fui céptica, mas eles são como nós, são únicos e também têm direito a ser amados. 




5 comentários:

Sophie Tudela disse...

é só coisas boas :3
O amor é a melhor coisa que podemos ter :3
Não interessa o físico nem o psicologico mas temos que nos aceitar um ao outro e com os piores defeitos pois esses são os grandes verdadeiros amores!
Beijinhos ❤
Words of Sophie
"Queres inovar o teu Blog, dar-lhe outro ar? Agora podes faze-lo entrando em contacto comigo"

estrela disse...

bem bonito, uma experiência de vida de verdade!

C. disse...

É a mesma coisa que a Victoria Modesta... ela disse: as pessoas nao pensam que os "deficientes" têm também desejo sexual e uma vida sexual activa, não somos assexuados!
Mesmo, mas muitas vezes esquecemos

Susie disse...

Tenho que ver esse documentário!

Clair de Lune disse...

Adorei :) Olha faz-me lembrar um programa que dá no tlc exactamente sobre este assunto, gosto bastante. Hás-de ver, não me lembro é bem do nome.. Too ugly for love? é algo assim.