Saudades



Tenho saudades de falar com um amigo meu, apesar de ele não fazer ideia de que eu gostava imenso de falar com ele. As conversas eram estúpidas, partilhávamos receitas até mesmo idas ao cinema (mas nunca juntos ok?), até falávamos de séries e de formas como dormir... nunca enviei um beijinho de boa noite, pois achava desnecessário e não queria que pensasse noutras coisas, até ao momento em que me apercebi, tenho que acabar com isto, isto vai dar molho e alguém ainda se vai magoar. Foi estúpido eu sei, mas sempre tive receio de magoar quem não merecia, de vez em quando ainda manda sms mas não lhe dou muita trela, porque no fim de contas, tinha razão, alguém saiu prejudicado e magoei quem não merecia.  Tenho imensas saudades dele, porque sei que se ele soubesse o que estou a passar, me daria um abraço, daqueles que só ele sabe dar. Não estou a dizer que não gosto dele, até gosto, mas não da maneira que ele tanto queria. As saudades são assim, certo? É não puder ter algo que tanto se quer, aquela pequena coisa que nos faz falta. É algo que nos completa, algo que nos faz sorrir e chorar nas melhores e nas piores razões. Mas é a saudade que nos permite saber se alguém nos é especial, e destaca-as. Sem a saudade, nós não daríamos valor ao que tanto amamos sem saber. Assim sendo, agradeço à saudade, pois sem ela, não saberia quem me é especial. 



7 comentários:

JA disse...

Descreveste perfeitamente a minha situação. Também há um amigo de quem sinto falta, sinto falta de falar com ele, só que ele gosta de mim de uma maneira que não consigo retribuir neste momento, e optou por afastar-se um pouco para não se magoar. E eu percebo, nunca o quis magoar e percebo que se afaste, mas sinto falta das nossas conversas e da companhia dele. É difícil mas, se dissermos que temos saudades, também podemos dar falsas esperanças e magoar ainda mais a pessoa :/

Ritinha disse...

A mim parece-me que tu também saíste magoada da situação! Essas coisas são sempre muito complicadas, é o problema de grandes amizades com rapazes, Quando são mesmo grandes amizades, às vezes um quer sempre mais do que isso, e o outro não, e depois saem os dois magoados, um porque não consegue o que quer, o outro porque perde um amigo!

Jude disse...

Percebo, no entanto, cada vez mais acho que se deve dizer o que se sente enquanto há essa oportunidade! Mas sim, é complicado...

Ana disse...

Dá a volta à saudade. Fala com ele, aproxima-te. Vai fazer-te bem. Não tens nada a perder.

QueenC. disse...

Conheci um grego que trabalha na Marinha xD

Diana disse...

Estou a passar pelo mesmo problema.
Dois amigos que foram embora sem saberem o quanto eu gostava deles.
A saudade mata...
=/

Patricia Lopes disse...

Só se for de repente, porque notasse bem que são meias :)