Tretas de gaja

Sempre fui uma rapariga dada a coisas simples. De manhã acordo e o que me vier às mãos é o que visto, nunca tive paciência para estar a frente de um espelho e para a maquilhagem nem se fala. Eu sei que devia ter mais atenção em mim, mas a paciência serve para outras coisas. Já prometi que vou tentar mudar um bocadinho. 
Quando saio à noite até faço o favor de usar saltos e usar uma make up muito básica, mas nunca dou nas vistas. Para a faculdade vou o mais simples possível e a make up fica lá na gaveta à espera que chegue o fim de semana. Os ténis são os meus aliados, mas neste momento não tenho sequer um par e o dinheiro está escasso. Tenho calçado botas, mas mesmo assim parece que não me sinto bem. Já tentei mudar de visual, quer dizer, cortei o cabelo de outra forma e já comecei a usar outras coisas mas mesmo assim às vezes dou por mim a tapar-me toda porque me sinto mal. Sempre usei camisolas sem decotes e calças mas saias nem vê-las no meu armário. Tudo isto por causa de um comentário que me passou ao lado.

3 comentários:

S'M disse...

Há certas mariquice que a algumas raparigas passam ao lado. Fico feliz por não ser a única a achar isso!

S' disse...

Eu tambem não perco muito tempo com essas coisas, ando sempre de sapatilhas e com uma roupa muito básica. Mas porque nao tenho paciencia... confesso que gostava de andar mais feminina

ac disse...

identifiquei-me bastante com o que escreveste ... sempre fui uma rapariga muito simples , mas de a uns tempos para cá tenho tentado mudar um pouco e as vezes nem me sinto eu mesma :s