A escolha está feita

Quando comecei o curso estava entusiasmada porque sempre pensei "vou sair daqui uma grande jornalista" mas ao longo do tempo perdi a vontade ou melhor, tiraram-ma. Pode-se dizer que as más companhias são para por de lado, mas a sorte nunca está ao lado de quem mais precisa. Deitaram-me abaixo, fizeram-me chorar mas sobretudo fizeram-me sentir como merda, sim é verdade, quando pensamos que as pessoas são nossas amigas, essas "ricas pessoas" largam bombas de mau cheiro. Mas apesar disto tudo, fez-me perceber um coisa, não são os outros que nos julgam mas sim nós próprios. Somos nós que pensamos o que queremos e não há ninguém que nos faça calar. Cresci neste segundo ano de faculdade e tudo devido a maldades de outras, que no fim de contas têm inveja do trabalho de outros. 
As pessoas que nos deitam abaixo, não passam de pessoas com fraca auto-estima  e com uma forte ganância. Estão destinadas a ficar sozinhas e quando se aperceberem do mal que fizeram, já é tarde, pois já perderam tudo. Apesar de ter perdido uma amizade desnecessária, ganhei mais amigas do que pensava. Elas estão presentes, mas sobretudo são boas pessoas. AMIGAS são aqueles que nos apoiam, não as que nos rebaixam.    

P.S: Jornalismo, aqui vou eu. Depois de muito pensar e de tolerar muito bem, decidi seguir a vertente de jornalismo. Fico triste da vertente de relações públicas não abrir de manhã, mas como me disseram: "Se assim o é, é porque há algo especial que te espera", espero bem que assim seja.

2 comentários:

Things disse...

amigas são para todas as ocasiões e não deitar-nos a baixo.

Pat disse...

Boa escolha ;)