É isso... é o mestrado



Um dos assuntos que mais tenho debatido com os meus colegas é a questão de mestrados. O medo é igual para todos, a palavra desemprego não faz parte do nosso vocabulário. Mas haverá alguém ainda com cabeça para estudar mais? Foram 3 anos de estudo intenso, quase sem férias... para não falar de problemas pessoais, não tenho cabeça para nada.
Já enviei currículos na esperança de encontrar um part-time e poupar alguns trocos. Outro assunto que está nas entrelinhas das nossas conversas é a questão da emigração. Uma colega vai já no próximo mês para Inglaterra, mas não é a única a fazer as malas. Lá fora há mais hipóteses de emprego, e as ofertas são mais atractivas, mas "nós" cá ficamos a tirar mestrados, na esperança que vai ser isso que nos vai dar emprego. 
Acredito que não é a estudar que vou conseguir deixar de ser recém-desempregada,  mas sim arranjar experiência em vários empregos part-time, caso contrário, a ideia de emigrar não me mete medo. 
Os tempos que correm não são de grandes marés, mas mesmo assim temos que nos sujeitar... na esperança de um dia, termos o nosso emprego de sonho, pronto...vamos ser realistas... um emprego que nos ajude a pagar as contas e que sobre algum para podermos usufruir de regalias, porque nós sonhadores, merecemos. 
Mas tenham calma... não estou a dizer para não tirarem mestrados, até é bom, reforça os nossos estudos, mas pensem! Se o nosso país não tem dinheiro para pagar/recrutar licenciados, terá para pagar a mestres? A vida está difícil, como diz o outro.


Ai vida... vamos lá ver se obtemos respostas 




3 comentários:

Kishikiari disse...

estás-te a esquecer dos que depois passam à tua frente porque têm mais habilitações que tu, e quando digo isto é num emprego da tua área, não é call center, lojas e etc, e quando digo cá, também digo lá fora, as licenciaturas foram encurtadas com bolonha portanto agora tirar uma + mestrado é como se fosse um curso superior há uns anos, e a pensares assim mais valia nem tirar curso porque então se o país não tem dinheiro para pagar a mestres nem a licenciados porque andaste a pagar propinas + extras ? para nada...

Mes Amours ♥ disse...

É verdade que fora há mais hipóteses de se encontrar emprego, mas nem por isso é mais fácil. Aliás, é a cada dia que passa é mais difícil. Todos os dias chegam imensas pessoas ao Reino Unido, todas elas com o mesmo objetivo. Aqui também está complicado. Palavra de quem optou por mestrado (que serve para encher chouriços) e está a tentar a sorte fora.

Ana disse...

Eu sou mestre e posso já dizer-te que não.