E vamos lá outra vez

Se eles nos traem, devemos perdoar? Se nos magoam, devemos superar?
São eles que nos causam dores de cabeça, que nos levam à loucura, que nos põem aos gritos. SOMOS ALGUM OBJECTO SEXUAL? SOMOS ALGUMAS BESTAS?
Se pensam que estaremos à vossa espera enganam-se, que nos procurem, que nos respeitem, pois nós fazemos o mesmo.
Estás irritado comigo? PACIÊNCIA, paga as tuas consequências, não te queixes.Queres trair, força! Mas não penses que estarei ao teu lado quando tudo acabar.
Já não restam príncipes encantados, mas sim gajos rebarbados, que procuram a beleza sexual e não a interior, preferem raparigas fáceis e burras, as outras nem tentam, pois não vale o esforço pois não? AZAR!
Se um dia nos procurares, não fales, olha e cala-te, pois o passado já lá vai, e o futuro não está presente.
Algo que irrita profundamente é a questão do ÉS ESPECIAL! NÃO ÉS ESPECIAL, foste só escolhido para ser o amor de uma vida. Não queres? Não reclames, dá a outro.
Eles gostam delas puras, pois meus queridos, não as estimem vais ver o que acontece. Há mulheres que dizem, eles gostam de se sentir especiais, e nós devemos fazer esse esforço. O QUÊ? Não  me parece, eles que se esforcem..
Uma mulher destroçada é uma mulher cheia de vingança.
 Parece que não há mais nada a dizer, quer dizer até há. BRIGADA POR ME ABRIRES OS OLHOS.


Outro ponto: Este texto é para as raparigas que estão apaixonadas, não para aquelas que são as "outras", que tratam os homens como farrapos.

Sem comentários: